Mundo Novo, a Fênix « Mundo Novo – Bahia

"...uma poesia nas quebradas do sertão..."
(Wilson Aragão)

This movie requires Flash Player 9

Mundo Novo, a Fênix



Por Gildasio Alves de Souza,

No dia 1º de janeiro, querendo saber noticias sobre a posse do novo presidente da Câmara de Vereadores de Mundo Novo li a decepção do escritor, advogado e, sobretudo, mundonovense Dante de Lima com o Legislativo municipal. Em outras palavras, ele afirma que os nossos vereadores estão manchando a historia política do nosso município.

Sendo assim, gostaria de pedir licença ao grande Dante Lima e aos mundonovenses para falar um pouco sobre o que penso da situação política que vivemos.

Durante o processo eleitoral que elegeu os atuais vereadores, algumas vezes, mesmo não estando em Mundo Novo, através deste site tentei mostrar aos eleitores que participavam do debate que a eleição legislativa era tão importante quanto a eleição para o poder executivo.

Naquela oportunidade, sentia que a campanha ganhava um tom preocupante. As mensagens postadas indicavam que chegaríamos ao que estamos vivendo hoje. Mesmos com a intervenção dos mediadores, a discussão parecia mais com torcida de futebol – Bahia X Vitoria – do que eleitores conscientes que pretendiam eleger os seus representantes. Elegemos, talvez, a pior câmara dos últimos tempos.

Porém, o problema político de Mundo Novo não se resume apenas a Câmara de vereadores. Temos dois grupos políticos que não estão nem um pouco preocupados com a melhoria da qualidade de vida da sociedade. Na verdade, poucos são beneficiados. Não há nenhum trabalho voltado para a coletividade. Vejam a qualidade da nossa educação. No inicio dos anos 90 tínhamos, um grupo significativo de jovens que faziam universidade no campus IV da UNEB em Jacobina, todos eles oriundos do Colégio Estadual Luiz Eduardo Magalhães. Hoje são poucos. Antes, mesmo, que alguém diga que isso é por conta da universidade aberta gostaria de alertá-los que outros municípios da região, também, têm universidade aberta e nem por isso diminuiu o número de jovens aprovados no vestibular da UNEB.

Como estudante de direito, pretendo escrever a monografia sobre o controle preventivo de constitucionalidade das leis municipais. Tenho lido muito sobre processo legislativo e a lei orgânica de Mundo Novo faz parte do meu material de pesquisa. Percebo que muita coisa precisa ser regulamentada através de leis ordinárias, porém, os vereadores deixam transparecer que não lêem a lei orgânica municipal. No entanto, o que vemos são discussões vazias e de pouca utilidade para a coletividade.

Na verdade, a história de Mundo Novo – narra da pelo próprio Dante Lima – se confunde com a história do Brasil, a partir da segunda metade do século XIX. Sendo assim, Mundo Novo tem uma história política dominada por coronéis e oligarquias, sem a participação popular. As pessoas que chegam ao poder se sentem donos do município e acham que podem fazer o que bem entender com a vida da maioria da população e com a coisa pública. Não evoluímos politicamente. Perdemos o bonde da história e estamos pagando um preço muito alto por isso.

Nas minhas conversas com amigos, digo, sempre, que Mundo Novo entraria em colapso para depois ressurgi – assim com a fênix – das cinzas. O colapso chegou, precisamos agora estudar uma maneira de envolver o povo no processo para sairmos dessa situação. Mundo Novo tem jeito sim, porém se o povo não for chamado para fazer parte da história dificilmente daremos a volta por cima.

O povo precisa entender que no mundo atual, a política do discurso vazio e da promessa não tem espaço. Vereadores que não sabem o seu papel e prefeitos que estouram o orçamento, que não discute os problemas com a comunidade, que empregam parentes e amigos não merecem o poder.

Perdemos a primeira década do século XXI ( Mundo Novo não merece passar por essa situação). Nossos políticos precisam entender que o poder emana do povo e para o povo. A atual gestão, assim como as duas anteriores, está perdida. Não haverá um retomado do rumo, eles não sabem, ou melhor, não acreditam no poder do povo.

Para eles o povo deve ficar em segundo plano, sem participar das decisões que envolvem a coletividade e para isso manipulam a massa fazendo com que ela participe das sessões da câmara sem saber na verdade o que está acontecendo. Como o sistema é viciado vão continuar pensando em favorecer uma pequena parcela da sociedade. Na verdade os beneficiados são os que menos precisam.

Quanto a nós, só nos resta aprender com os erros do passado. Sabemos que o aprendizado é dolorido, pois é necessário refletir sobre os assuntos mais delicados existentes na nossa comunidade. Precisamos entender que não basta ser experiente ou jovem, é preciso, primeiro, compromisso com os mais necessitados, com o desenvolvimento, com a educação, com a saúde, com agricultura, com o lazer, ou seja, com o coletivo. Que homens públicos não podem tudo e que eles precisam agir em conformidade com a lei. Que, em uma sociedade, cada um deve ceder um pouco para que todos saiam ganhando.

Mas, o povo de Mundo Novo é, como disse o poeta, acima de tudo um forte e sendo forte pode superar as adversidades e reconstruir a sua história.

Feliz 2011 e um Mundo Novo melhor.



Leia mais:



4 comentários para “Mundo Novo, a Fênix”

  1. MAGNA BINA disse:

    Como cidadã mundonovense mim indigno diante de tal situação política, vivenciada já algum tempo em nosso município.É hora de mudarmos as nossas atitudes e decisões em relação a essa arma tão poderosa que temos nas mãos, “o voto” e não deixarmos sermos manipulados para favorecer a quem só quer adquirir poder para satisfazer uma minoria. Cidadãos mundonovense ainda há tempo de escrevermos uma nova história do nosso município sem nos envergonharmos. Abraço a todos. FELIZ 2011!

  2. adelino moreira neto. disse:

    lamentavelmente,gostaria de pedir ao chefe do executivo e aos que se dizem vereadores,qeu respeitem.os cidadaos mundonovenses,e parem com essa baxaria´que so nos envergonha tenho vergonha dessa turma.

  3. Galego disse:

    Será mesmo que tanto Gildazio como Dante estão tão preoculpados assim com o futuro de Mundo Novo? sem querer polemizar, mas acho que tanto um como o outro deveriam se candidatar nas próximas eleições, e tenham certeza que daria meu voto a qualquer um deles, mesmo sem ter um conhecimento amplo a respeito deles. Todos nós que nascemos e vivemos em Mundo Novo, se preoculpa com o andamento das coisas, todos nós queremos vê uma cidade melhor, limpa, com boa educação oferecida aos jovens, uma boa saúde oferecida a população, mas por outro lado, vejo muitas pessoas criticando os fatos que vem ocorrendo na cidade ( nem só Gildazio, Dante e entre outros ) e a oportunidade está logo a frente, daqui a 2 anos todas essas pessoas que através de palavras tem a solução dos problemas, participem da democracia, se candidatem, façam valer o seu direito de cidadão.
    Hoje moro fora de Mundo Novo mas torço com todas as forças para que as coisas venham melhorar, que seja com essa administração, que seja com a administração futura, que os governantes tenham seus pensamentos voltados para o bem da cidade, para a população e deixem de pensar em sí, de querer obter beneficios próprios ou a seus amigos e familiares como vem acontecendo ha anos e parece que com o passar de tantos anos não se muda.
    Galego

  4. FAUSTO DE LIMA PEIXOTO disse:

    Na qualidade de Mundonovense, apesar de ausente, mas sempre preocupado em saber o que aí acontece, fiquei indignado com o que lí a respeito do comportamento de alguns maus políticos da nossa terra. Aplaudo e concordo plenamente com os dizeres do conterrâneo (apesar de não
    conhecê-lo pessoalmente) Gildásio Alves de Souza e espero que esses despreparados políticos sejam, em breve, banidos
    da política local até por que Mundo Novo não merece ser alvo de noticiário tão deprimente e grotesco. Ainda hoje
    me solidarizei com o meu caro primo e amigo Dante de Lima
    sobre o assunto. FAUSTO DE LIMA PEIXOTO – Brasília (DF)

Deixe um comentário

Spam Protection by WP-SpamFree


Notícias

Ver todas


contato@mundonovoba.com.br | www.mundonovoba.com.br
2010 © Mundo Novo Ba | Utilizando CMS:Wordpress
Produzido por: Ivo Chaves
Agência Digital ZWA - Salvador - Bahia